Que requisitos devem reunir as divisórias de banho aprovadas

As divisórias de banho devem cumprir com a Norma Europeia EN 14428:2015, em toda a Europa.

Explicamos resumidamente o que é necessário ter em conta para evitar problemas legais decorrentes da venda e instalação de divisórias de banho não aprovadas.

GENERALIDADES. O fabricante está obrigado a proporcionar instruções detalhadas de instalação e utilização com cada divisória.

APTIDÃO PARA A LIMPEZA. As superfícies não devem apresentar ângulos, nem arestas vivas, asperezas ou rebarbas. Utilizando os produtos de limpeza recomendados não deverá verificar-se nenhuma redução da segurança ou das funcionalidades.

RESISTÊNCIA AO CHOQUE. Quando as divisórias forem de vidro, este deve ser vidro de segurança termo endurecido plano ou curvo.

DURABILIDADE. Todos os componentes devem ser resistentes à corrosão ou estar protegidos contra a mesma.

RESISTÊNCIA AOS PRODUTOS QUÍMICOS E ÀS MANCHAS. As divisórias devem ter superado os testes especificados na Norma.

RESISTÊNCIA AOS CICLOS DE HUMIDADE E SECAGEM. Deve resistir os 20 ciclos do teste especificados na Norma.

ENDURÂNCIA. As portas devem continuar a funcionar corretamente após terem sido submetidas a 20.000 ciclos de aberturas.

ESTABILIDADE. Após vários impactos provocados no laboratório, será necessário comprovar se a divisória não sofreu deteriorações funcionais.

RETENÇÃO DE ÁGUA. Não devem apresentar fugas de água após serem rociadas, durante 1 minuto, em conformidade com o protocolo precisado no ponto 5.7 da Norma.

MARCAÇÃO CE. O produto deve estar marcado em conformidade com as normas europeias.

AVALIAÇÃO E VERIFICAÇÃO DA CONSTÂNCIA DAS PRESTAÇÕES. O fabricante está obrigado a realizar uma Declaração de prestações que também deve demonstrar.

Decorador Virtual de PROFILTEK
Informação para escolher a melhor divisória de banho

INSCREVER-SE PARA O NOSSO BLOG

VEJA MAIS ENTRADAS

Acceso blog